Voltar ao site

Nota de solidariedade ao Padre Lino Allegri

· Notas

A Direção da SINDUECE vem à público declarar toda e irrestrita solidariedade ao Padre Lino Allegri, que vem sofrendo desde o início do mês ameaças e difamação por um grupo de aproximadamente 20 apoiadores do presidente Bolsonaro, formado majoritariamente por militares reformados e empresários.

Durante uma celebração realizada no último dia 4 na Igreja da Paz, em Fortaleza, ao se posicionar em defesa da vida e denunciar o descaso de Bolsonaro na crise sanitária e a responsabilidade dele pelos mais de 544 mil mortos registrados no país, o padre Lino Allegri passou a ser alvo de violentos apoiadores do presidente, que destilam ódio e ataques durante as missas e também pelas redes sociais.

Além de nos solidarizarmos com o pároco reconhecido por, em 56 anos de vida pastoral, demonstrar na prática que a fé deve caminhar junto à realidade do povo, repudiamos as ameaças dirigidas a Lino Allegri, produzidas por um grupo de homens violentos que negam os valores da religião que dizem professar.

A SINDUECE convida todos e todas para participar do ato ecumênico em solidariedade ao presbítero, que será realizado neste sábado (24), às 15h, na Praça Portugal, durante concentração do ato Fora Bolsonaro. Que possamos superar esse grave momento de intolerância pela qual nosso país passa e derrotar a cultura de violência que tem invadido as instituições.

Todos os Posts
×

Quase pronto…

Acabámos de lhe enviar um email. Por favor, clique no link no email para confirmar sua subscrição!

OK