Return to site

Última assembleia docente do ano homologa resultado das eleições da SINDUECE e elege representantes para 41° Congresso do ANDES-SN

· Notícias

A última assembleia docente da SINDUECE foi, oficialmente, a realização de duas assembleias extraordinárias da categoria, na manhã desta terça-feira (20), no auditório Paulo Petrola, na Reitoria da Universidade Estadual do Ceará, no Campus do Itaperi. Isso porque o primeiro espaço teve como objetivo homologar as eleições da Seção Sindical do ANDES-SN na UECE e o segundo, deliberar a comissão que irá para o 41° Congresso do Sindicato Nacional.

broken image

A professora Sandra Gadelha, presidenta da Comissão Eleitoral, foi a responsável por apresentar a ata de apuração da votação. Dos 384 sindicalizados que estavam aptos a votar nos dias 14 e 15 de dezembro, ou seja, que tinham se filiado há pelo menos dois meses e estavam em dia com a contribuição sindical, 154 compareceram às urnas. O resultado final garantiu 149 votos para a Chapa 1 - É Preciso Estar Atento/a e Forte, 4 brancos e 1 nulo. Foram eleitas ainda 12 duplas docentes para o Conselho Representantes, que, por sua vez, indicaram os nomes para a nova composição do Conselho Fiscal. As novas gestões de Diretoria e dos Conselhos da SINDUECE tomam posse em 18 de fevereiro de 2023 com mandato até 2025.

Para o professor Nilson Cardoso, presidente da futura Diretoria, o nome da chapa que concorreu já indicava o tom do projeto político para o sindicato. "Temos várias pessoas que seguem na direção da SINDUECE. Seremos um pouco de continuidade num cenário que nos exige atenção. Temos muitas lutas a serem travadas, porque foi necessário uma forte coalização para vencer o fascismo nas urnas, mas já vemos algumas das contradições dos novos governos", avaliou. Segundo ele, o movimento sindical docente deve seguir ativo para marcar os rumos desejados para a classe trabalhadora, para o serviço público e para os profissionais das universidades. "Nossa principal bandeira certamente será o apoio à entrada dos colegas que ingressarão na UECE sem Dedicação Exclusiva e nós precisaremos apoiá-los para que possam exercer plenamente seus trabalhos", afirmou.

Após a homologação dos resultados foi iniciada a segunda assembleia docente para escolha da comitiva que irá representar a SINDUECE no 41° Congresso do ANDES-SN, nos dias 6 a 10 de fevereiro, em Rio Branco (AC). Com a aprovação da metodologia proposta pela Diretoria, por 16 a 7 votos, inicialmente foi homologado o nome de Virgínia Assunção como delegada da Diretoria e Jaqueline Rabelo como observadora-suplente. Na sequência, a professora Raquel Dias apresentou os integrantes da chapa 1 e as posições defendidas pelo coletivo "ANDES de luta pela base". Já o professor Eudes Baima apresentou os nomes da chapa 2 e as defesas do fórum "Renova ANDES". Com 19 votos, a chapa 1 garantiu três delegados e, com 8 votos, a chapa 2 ficou com um delegado. Dessa forma, a base da SINDUECE será representada no Acre pelos docentes Raquel Dias, Nilson Cardoso, Patrícia Limaverde e Eudes Baima.

Entre as pautas previstas para o 41° Congresso do Sindicato Nacional estão a elaboração do próximo plano de lutas, a deliberação sobre a desfiliação da CSP-Conlutas e a eleição da próxima Diretoria.